Agroalimentar: Evento na China para encontrar parceiros de negócio
26 Jun 2016

Agroalimentar: Evento na China para encontrar parceiros de negócio

A 12ª edição do Evento de Negócios Agroalimentar decorre em Xangai, na China, nos dias 10 e 11 de Novembro de 2016, e terá como objetivo estimular o encontro entre novos parceiros de negócios, ajudando a desenvolver e consolidar relações comerciais.

“Trata-se de um evento de negócios e não uma feira de negócios onde milhares de contatos sem interesse são efetuados desperdiçando o nosso precioso tempo. Apenas decisores serão convidados para o evento”, explica a consultora macaense DMA Consulting, organizadora da iniciativa.

O público alvo são os produtores, distribuidores ou representantes de produtos alimentares não perecíveis e bebidas.

Em Xangai, considerada a capital comercial e financeira da China, existe desde 2013 uma Zona de Comércio Livre, 29 quilómetros quadrados em que o investimento estrangeiro está sujeito a menores restrições, mas a entrada no mercado chinês pode ser complexa devido aos custos, documentação, tempo e à dificuldade em encontrar um bom parceiro de negócio chinês.

Para ultrapassar estes obstáculos, o Evento de Negócios Agroalimentar tem como missão ajudar os empresários a ramificar os seus negócios na China, enquanto adquirem um maior conhecimento da cultura e mercado chinês, acrescenta a DMA Consulting.

A iniciativa terá duas vertentes, por um lado dar a conhecer as regras de importação dos produtos alimentares e bebidas na China, tendências do mercado e novos modelos de negócio e por outro a promoção de encontros com compradores chineses num hotel de 5 estrelas, apenas por convite.

A participação inclui um serviço de interpretação personalizado em inglês, a impressão no catálogo do evento dos dados da empresa e seus produtos, e a criação de um roll up, em mandarim, entre outras vantagens.

As empresas podem igualmente associar-se ao evento através da modalidade de representação, em que os produtos selecionados pelo promotor serão representados por um consultor certificado, com conhecimentos especializados e experiência de vendas no setor agroalimentar.

Para beneficiar de apoios financeiros que suportem a participação no programa, as empresas podem candidatar-se a um projeto ativo do Portugal 2020 e ter 45% dos custos cobertos, ou caso tenham condições para tal, concorrer a um vale de Internacionalização, com 75% dos custos cobertos.

Os empresários que se inscreverem até 12 de agosto terão um desconto no valor de admissão ao evento. As inscrições para participações podem ser efetuadas até 14 de outubro de 2016, período que é alargado até 28 do mesmo mês para a modalidade de representação.